Notícias Imprimir

VIII CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE

Publicado em 20/07/2015, Por ASSESSORIA DE IMPRENSA

Realizou-se no dia 14 de julho a VIII Conferência Municipal de Saúde nas dependências do Centro de Eventos Municipal. O encontro que iniciou às 14 horas possibilitou a discussão do tema “Saúde Pública de qualidade para cuidar bem das pessoas. Direito do Povo Brasileiro” com a participação de aproximadamente cinquenta pessoas, divididas entre representantes das comunidades e conselheiros, usuários, profissionais, secretários, poder executivo e legislativo e secretários. Após o pronunciamento das autoridades foi realizada leitura e aprovação do Regimento desta VIII Conferência Municipal de Saúde. Posteriormente, o ministrante convidado, Dr. José Mário Ceni Barreto proferiu uma palestra enfatizando o tema proposto da Conferência, além da realização de atividades em grupo, discussão dos temas propostos, relato de ideias originárias dos grupos e sugestões, as quais originaram os seguintes eixos norteadores:

 EIXO I (DIREITO À SAÚDE, GARANTIA DE ACESSO E ATENÇÃO DE QUALIDADE)

  • Direito ao transporte, medicamentos e requisições de exames do SUS, apenas para quem consulta na rede Básica de Saúde;
  • Atenção, acolhimento e humanização de todos os profissionais.
EIXO II (PARTICIPAÇÃO SOCIAL)

  • Participação efetiva dos conselheiros no Conselho Municipal de Saúde e nas atividades desenvolvidas pela Secretária Municipal de Saúde;
  • Participação dos usuários nos grupos e atividades da Secretaria Municipal de Saúde;
  • Participação dos poderes públicos nas ações da Secretaria Municipal de Saúde;
EIXO III (VALORIZAÇÃO DO TRABALHO E DA EDUCAÇÃO EM SAÚDE)

  • Projetos permanentes, palestras educativas em saúde bucal, prevenção de pediculose, prevenção de gravidez na adolescência e Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) e drogas.
  • Valorização/capacitação dos profissionais de saúde;
  • Planejamento de atividades relacionadas à saúde;
EIXO IV (FINANCIAMENTO DO SUS E RELAÇÃO PÚBLICO-PRIVADO)

  • Implantação da Estratégia da Saúde (ESF);
  • Aumentar cota de exames de laboratório pelo SUS;
EIXO V (GESTÃO DO SUS E MODELOS DE ATENÇÃO À SAÚDE)

  • Acolhimento humanizado na atenção básica e especialidades;
  • Resolutividade na atenção básica de saúde;
EIXO VI (INFORMAÇÃO, EDUCAÇÃO E POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO DO SUS)

  • Realização de atividades de saúde (feira, palestras, campanhas, ações escolares, etc.) bem divulgadas;
EIXO VII (CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO NO SUS)

  • Disponibilização de mais consultas médicas, atendimento odontológico e atendimento de receitas de medicação contínua;
  • Providenciar toldo de proteção para os usuários na porta de entrada da Unidade de Saúde;
  • Disponibilizar senhas de acesso para atendimento dos usuários;
EIXO VIII (REFORMAS DEMOCRÁTICAS E POPULARES DO ESTADO)

  • Buscar alternativas para diminuir a fila de espera de média e alta complexidade;
  • Mais comprometimento do Estado e da União com o município;
  • Ações políticas para rever a lei do SUS;
As discussões da Conferência foram satisfatórias à medida que a comunidade elencou sugestões e apontamentos para a solução nas três esferas de governo.

Na oportunidade, houve a escolha de delegados, sendo de dois representantes da Sociedade Civil (usuários) e dois representantes do governo (trabalhadores de saúde, gestão e prestadores de serviços). Assim, ficaram sob a função delegada os seguintes nomes e esferas de governo:

DELEGADOS:

Governo – Titular: Eliziane Cirino Passos Borgmann

                   Suplente: Lisiane Vasco

Sociedade Civil – Titular: Lourdes Andrade de Lima

                              Suplente: Neusa Fracasso